Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2012

energia, planos, futuro!!!

Têm sido semanas de stress, muito trabalho e cansaço. Sempre sem parar para descansar como deve ser, sem tempo para respirar fundo. Às vezes, não sei como consigo, mas outras vezes sei que, quando queremos muito e temos gosto no que fazemos, somos capazes de tudo. Mas também precisamos de saber parar. Este fim de semana parei, coisa que não faria normalmente, mas não consegui evitar e, no fundo, acredito que fiz bem.
Precisamos de saber os nossos limites. Eu acredito que já fiz e faço muita coisa boa, mas reconheço os meus defeitos e sei que têm andado mais destacados ultimamente. Mas o stress e a preocupação de fazer muita coisa ao mesmo tempo faz-me perder o controlo. E um dos meus defeitos é mesmo esse, não saber parar, não saber dizer não e querer viver esta vida toda num dia, como se um mundo acabasse amanhã e houvesse ainda tanto para fazer. Porque, na verdade, não sabemos quando tudo vai terminar. E não faz mal, mas ao menos devemos aproveitar enquanto cá estamos.
Eu sei bem q…

Ligações

Tenho andado meia perdida nas minhas coisas. Aliás, eu ando sempre perdida na minha vida, mas umas vezes disfruto da aventura e noutros vivo cheia de medo de nunca encontrar o caminho.
Eu sei que é estranho, mas tenho aprendido a fazer aquilo que sinto. Percebi que realmente estamos aqui e não é para sofrer, mas também não é para limitarmos a nossa acção só porque as pessoas podem "achar mal e eu não gosto". A certa altura dei por mim a fazer muita coisa, não porque queria mas porque os outros iam gostar disso. Quando reparei, percebi que me estava a esquecer de mim.
Porque se fizermos as coisas conforme as sentimos, somos genuínos mesmo e mostramos a nossa essência e podem haver alguns conflitos sim, por vezes, mas cada um é como é e a vida é mesmo assim.
Tento agir conforme aquilo que sinto, seguir a minha vontade. Claro que às vezes posso também fazer a vontade a outra pessoa, mas porque eu escolho fazer isso. Em vez de ter em mente "estou a fazer isto por ela"…