Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2011

A vida é todas as emoções (boas e más)!

Sim, tive uma merda de um fim de semana. (Claro que tive coisas boas, óbvio, mas sabem aqueles dias em que vemos tudo cinzento, pronto, é isso). Tive um fim de semana de merda como já não tinha à muito tempo. Sinceramente senti-me a bater mesmo lá no fundo. Sempre tive "crises" deste género, aparentemente sem razão nenhuma, mas sim existe sempre um razão. Já não me sentia assim há muito tempo e dei por mim e dar com a cabeça na parede, a dar saltinhos de raiva, a gritar em silêncio, a querer desaparecer por simples magia, a querer fazer desaparecer toda a gente, a chorar compulsivamente, a sentir-me zero, nada ninguém, a não querer faltar, a querer estar sozinha, a querer dormir até mais não. Dei por mim a desistir. Dei por mim a pensar: "Chega, tenho de procurar ajuda!" (continuo a achar que só posso beneficiar de ajuda). Dei por mim a desistir mesmo. Foi um longo domingo negro. E uma segunda-feira que se apresentava igualmente negra, mas que acabou por não o ser. A…

Love Never Lost, por Bears Barry Neil Kaufman

Yes, people are born & people die. Relationship begin & relationships end. But love is in us, not "out there" - the experience of love is the experience we create inside. We can either turn our love on or not. We can't "lose" it. Even if the object we chose to love is gone, we can still keep the flame of love alive. There is always someone or something we can love/at any time/anywhere. Others loving us is their experience but us loving them is ours. Therefore we're always in charge of our love -- nothing to lose.