Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2017

O bom que é chorar

Sempre tive o dom de chorar muito facilmente. Nem sempre sinto que isso seja um dom, mas penso que é melhor vê-lo dessa forma do que sentir-me envergonhada por chorar. Porque chorar é bom, os homens também choram e quem chora não é fraco. É bom que fique claro. Porém, na verdade, sempre cresci com o rótulo "vidrinho de cheiro", que é como quem diz "uma pessoa não lhe pode dizer nada que desata logo a chorar", e por mais carinho que as pessoas tivessem por mim, isto nunca foi dito com muita meiguice. Fui crescendo um bocado irritada com este meu "problema", pois por muito que quisesse, não conseguia controlar o choro, principalmente em situações de confronto e em situações que me sentia exposta. Lá começava eu a rir de forma estranha e descontrolada, para tentar esconder o que sentia, e poucos segundos depois lá vinha um mar de lágrimas que eu não conseguia parar. Acredito que muitas pessoas que me são próximas conseguem ver o quanto evolui nesse aspeto ao l…

Certo, certinho.

Não, não vou falar das pessoas que têm a mania que estão sempre certas. Mas sim daquelas pessoas que nos estão sempre a chamar "certinhas" ou "certinhos". Nunca vos aconteceu? "Ai, tu és tão certinha!", fico sempre na dúvida sobre o que as pessoas querem dizer com isso, porque normalmente são pessoas que não me conhecem assim tão bem, nem fazem a mínima ideia do que acontece na minha vida para além dos breves momentos em que estou com elas. Mas, pelos vistos, sabem o suficiente para saberem que sou uma pessoa "certinha". O que querem dizer com isso, na verdade? Que sou certinha, no sentido de gostar de ter tudo arrumadinho? Bem podem perguntar à minha mãe que ela nega-vos isso num piscar de olhos. Que sou certinha, no sentido de cumprir horários, gostar de chegar a horas, etc? Ok, aceito, sim gosto. No sentido de seguir regras e rotinas? Hum... Até gostava de dizer que sim, mas duvido que seja verdade e, mais uma vez, perguntem à minha mãe o que …